Por que IPAN

As competências comunicacionais ganham ainda maior importância em tempos de crise, resultando indispensável para a nova liderança.

 

Quanto às equipes de Assuntos Públicos e Comunicação, não há margem para a improvisação. É necessário contar com profissionais com experiência em situações complexas.

A revolução digital e as redes sociais desafiam, adicionalmente, os diretores e toda pessoa que se encontra em uma posição de influência pública. Além das responsabilidades de liderança com suas próprias equipes, os diretores estão expostos a audiências e públicos que estão além dos limites formais da organização, o qual demanda uma maior atenção e coerência em suas ações.

NOSSO OBJETIVO É AJUDAR LÍDERES POLÍTICOS E EMPRESARIAIS A MANTER E CONSOLIDAR SEU PRESTÍGIO DIANTE DOS DESAFIOS GLOBAIS GOVERNAMENTAIS, REDUZIR SUA VULNERABILIDADE PÚBLICA PERANTE RISCOS REPUTACIONAIS E DO ENTORNO E DESENHAR CONVERSAÇÕES DIRIGIDAS A ESTABELECER RELAÇÕES COM ATORES DE INTERESSE EM CONTEXTOS DE MUDANÇAS PROFUNDAS.

Os líderes políticos e empresariais enfrentam o crescente desafio de contar com estratégias inovadoras que os guiem para atuar perante situações “complexas” e de crise. E fazem isso num entorno global volátil e frágil, tecnologias disruptivas, ameaças regulatórias, do meio ambiente, da competência e de grupos de interesse organizados, e diante de uma opinião pública hiperconectada, fragmentada, e de proliferação de “fake news”.

É mais necessário que nunca contar com experiência profissional, mapas de rota e ferramentas científicas que guiem as ações defensivas e ofensivas perante disputas societárias, ataques especulativos, movimentos da concorrência, crises reputacionais, regulações que ameaçam os negócios (ou carência de regulação), crises meioambientais, ciberataques, movilização social, casos de corrupção.

Para isso estruturamos nossa ação de trabalho em termos de uma Tripla Hélice global conformada pelo Governo, a Empresa/Organização e a Sociedade Civil. Fazemos isso a nível internacional, nas principais cidades das Américas e da Europa.

PF Joaquín Mirkin
Líder de IPAN